Aprenda Como EMAGRECER De Vez de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...   Coloque seu E-mail para te enviar o Material que vai mudar a sua vida....

Cantora Thaeme recorre a alternativa natural para acelerar a queima de gorduras

Beneficios dos Nutrientes Dicas de Saúde

5 Benefícios do Cálcio

O cálcio é um mineral importantíssimo para a saúde. Sua principal função está na formação e manutenção de ossos e dentes no corpo, sendo nessas partes onde ele se encontra armazenado. Além de suas funções na formação dos ossos, o cálcio está intimamente envolvido no metabolismo de grande parte das células do corpo, na contração muscular, no equilíbrio do pH do organismo e na transmissão dos impulsos nervosos entre o cérebro e o resto do corpo.

Para que se obtenha uma correta absorção do cálcio, alguns cuidados devem ser tomados, pois alguns minerais podem impedir a sua absorção pelo organismo, como o sódio e o ferro. Dessa maneira, alimentos que contenham cafeína, sódio ou ferro não devem ser consumidos junto a alimentos ricos em cálcio para que a sua absorção não seja prejudicada. Por outro lado, recomenda-se que ele seja ingerido juntamente com alimentos ricos em vitamina C e A, que estimulam a sua absorção pelo organismo. Outra vitamina importante para esse processo é a vitamina D, obtida principalmente pela exposição ao sol.

Cálcio

Onde encontrar cálcio?

O cálcio pode ser encontrado em diversos alimentos, tanto de origem vegetal quanto animal. A fonte mais popular de cálcio é o leite e seus derivados. Além dele, pode-se consumir cálcio através do agrião, alface, aveia, salsa, salsão, beterraba, batata doce, brócolis, cebola, couve, espinafre, laranja, milho.

 

Benefícios do cálcio

Os principais benefícios do cálcio são:

Benefícios para os ossos: O cálcio é o nutriente mais importante para a composição dos ossos, dentes e unhas. Em bebês e crianças, seu consumo é de vital importância, para garantir o desenvolvimento saudável do esqueleto, com ossos densos e resistentes. A falta de cálcio em crianças pode levar a um quadro de raquitismo, que é a deformação dos ossos nos membros inferiores. Em adultos, o cálcio ainda exerce essa mesma importância na manutenção da densidade óssea e na recuperação em caso de fraturas. Deve ser consumido diariamente por adultos, para manter a resistência de seus ossos, dentes e unhas, além de prevenir contra osteoporose, osteomalácia e outras doenças.

Benefícios para os músculos: Juntamente com o sódio e potássio, o cálcio tem importância na contração muscular, sendo uma especial necessidade para esportistas, evitando situações de câimbras e lesões musculares.

Circulação sanguínea: Juntamente com a vitamina K o cálcio age na coagulação sanguínea, auxiliando no processo de cicatrização e evitando hemorragias.

Benefícios para gestantes: Para as gestantes, o consumo do cálcio auxilia na formação saudável do bebê, evitando um quadro de deformação ou má formação óssea. Para  a mãe, nesse período o cálcio auxilia no fortalecimento dos ossos para suportar o peso do corpo além de, juntamente com a vitamina K, prevenir a pré-eclâmpsia.

Cálcio

Benefício para os dentes: Como um dos principais componentes na formação e manutenção dos dentes, o cálcio garante a sua rigidez e resistência, evitando danos por cáries ou fraturas, além de reparar desgastes advindos do dia-a-dia. Por isso, a sua falta também pode levar a problemas dentários, aparecimento de manchas e buracos nos dentes, além de danos causados por cárie e até mesmo a quebra de dentes no processo de mastigação.

 

Deficiência de cálcio

A deficiência de cálcio pode trazer vários malefícios ao organismo, porém, normalmente seus sintomas só são percebidos a médio e longo prazo, sendo principalmente, derivados da fraqueza nos ossos, dando origem a osteoporose. Além dessa complicação, outros efeitos na falta de cálcio são: dores de coluna, depressão, irritabilidade, nervosismo, ansiedade, cólicas menstruais, unhas fracas e pálidas, periodontite e cáries, artrite.

Para diagnosticar a falta de cálcio no corpo, basta realizar um exame simples de sangue, porém, para medir os seus efeitos e avaliar a condição dos ossos, é necessário fazer uma densitometria óssea.

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.