Aprenda Como EMAGRECER De Vez de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...   Coloque seu E-mail para te enviar o Material que vai mudar a sua vida....

Cantora Thaeme recorre a alternativa natural para acelerar a queima de gorduras

Dicas de Saúde

Diverticulite – Causas, Sintomas, Tratamento, Alimentação correta

Quando sentimos um incomodo na região do estomago, precisamos ficar em alerta, pois pode ser um problema conhecido como diverticulite. Essa doença é uma inflamação que afeta o intestino grosso.

Suas principais características envolver dores na região do abdômen, inchaço e, inclusive, dificuldades em usar o banheiro.

O surgimento se dá por meio de formações de hérnias nas glândulas que vivem em nosso intestino, apesar de serem encontradas também em outros lugares do trato digestivo.

A doença é bastante silenciosa, o que dificulta o seu diagnóstico de imediato. Conforme o avanço da doença, os sintomas se intensificam. Então assim que perceber algo de estranho em seu corpo, procure um médico.

Diverticulite

SINTOMAS DA DIVERTICULITE

  • Sensibilidade
  • Inchaço
  • Febre
  • Dores
  • Calafrios
  • Náusea
  • Vômito
  • Gases
  • Diminuição do apetite
  • Dificuldades de ir ao banheiro, popularmente conhecido como prisão de ventre
  • Sangue nas fezes

 

CAUSAS DA DIVERTICULITE

Não temos como dizer com certeza o que causa, mas os pesquisadores dessa área acreditam que o surgimento se dá por meio de uma alimentação ruim, com o consumo de poucas fibras. .

COMO FAZER O DIAGNÓSTICO

Antes de mais nada, o médico irá buscar encaixar os sintomas do paciente com o que a doença provoca.

Uma forma caseira de verificar se você tem ou não diverculite, é apertando sua barriga, caso sinta dores na região, provavelmente o local está inflamado. Sendo necessário buscar ajuda médica.

Caso o médico suspeite que seja de fato tal doença, ele irá pedir uma tomografia ou uma cirurgia no qual se insere uma câmera na região, por dentro, para verificar o que está acontecendo. Outra maneira é fazer um exame de sangue para verificar a ocorrência de inflamação.

Diverticulite

PORQUE A FALTA DE FIBRAS PODEM CAUSAR DIVERTICULITE

Mas afinal, o que uma alimentação rica em fibras pode ajudar no combate ou evitar o surgimento de diverculite? Pois bem, pessoas que consomem poucas fibras tem dificuldades em produzir fezes e de ir no banheiro, o que pode provocar pressão no intestino, se transformando em hérnias.

Quando acontece uma situação contrária, a pessoa ingere alimentos com fibras, ela produz uma quantia maior de fezes, o que induz a uma evacuação, diminuindo a pressão no intestino e eliminando possíveis bactérias que provocam a doença.

TRATAMENTO DA DIVERTICULITE

Só será tratado os pacientes que apresentam sintomas de diverticulite. Sendo assim, a primeira indicação é o aumento no consumo de alimentos ricos em fibras, além do uso de óleos essenciais para que o intestino possa se reestabelecer e eliminar os resíduos que ficam ao longo do canal.

Na maior parte dos casos, quando o sujeito muda sua alimentação, inclui fibras em sua dieta, não é necessário um tratamento mais complexo, pois a mudança de rotina alimentar já será o suficiente para uma cura espontânea.

Enquanto que situações mais graves exigem intervenções mais complexas, como o uso de cirurgias para a remoção da inflamação, na realidade, irá retirar pedações que estejam lesionados na região do intestino. Outro procedimento é fazer a limpeza do canal.

O QUE PODE E O QUE NÃO PODE COMER NA DIVERTICULITE

  • Acelga
  • Agrião
  • Ameixa
  • Arroz integral, fibras no geral
  • Aveia
  • Banana
  • Beber de 2 a 3 litros de água por dia
  • Cereais integrais
  • Laranja
  • Pera

A lista dada acima são de alimentos que devem ser consumidos por quem sofre com diverticulite. Porém existe outra lista com os alimentos que não devem ser consumidos, veja quais são os alimentos:

  • Alimentos ricos em açúcares
  • Carnes vermelhas
  • Cafeína em excesso
  • Pipoca
  • Sementes

Mas, aqui vai uma dica: se quer evitar esse problema, comece a prevenção imediatamente. Consuma os alimentos mencionados e mais, pratique exercícios, evite fumar, verifique se alguém de sua família já teve.

Gostou deste artigo? Para ver mais artigos interessantes como este Clique Aqui!

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.