Aprenda Como EMAGRECER De Vez de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...   Coloque seu E-mail para te enviar o Material que vai mudar a sua vida....

Doenças

Embolia pulmonar é grave? Tem cura? Veja aqui as sequelas e tratamento

A embolia pulmonar é uma doença grave que merece sua atenção. Por isso criamos esses post no qual contém as principais informações sobre o assunto e possíveis dúvidas com relação a embolia pulmonar.

O QUE É A EMBOLIA PULMONAR

A embolia pulmonar nada mais é do que os bloqueios que surgem nas artérias envolta do pulmão. Esses bloqueios são causados por coágulos de sangues que são liberados na corrente sanguínea e acabam se alojando nessa região do organismo, podendo trazer complicações para a saúde.

Outras possibilidades que causam esse bloqueio são as bolhas de ar, células cancerígenas, gorduras e até mesmo liquido amniótico. Todos esses elementos podem resultar em bloqueio na passagem de ar.

Embolia pulmonar é grave

CAUSAS E FATORES DE RISCO

Existem alguns fatores de risco que podem ser cruciais para o desenvolvimento, ou não, da embolia pulmonar. Nem todas as pessoas sofrem com este mal, por isso é importante conhecer as principais causas que resultam nessa doença, confira:

  1. Histórico familiar,
  2. Problemas e condições cardiovasculares,
  3. Alguns tipos de câncer,
  4. Imobilidade prolongada,
  5. Fumo,
  6. Obesidade,
  7. Cirurgias, especialmente as de implantação de próteses no joelho e no quadril,
  8. Gravidez,
  9. Uso de anticoncepcionais com estrogênio,
  10. Terapia de reposição hormonal,
  11. Ficar muito tempo sentado.

Lembrando que a gravidade do problema está inteiramente ligada ao tamanho do coagulo que se forma naquela área afetada.

SINTOMAS

Para saber se o seu caso é ou não de embolia pulmonar, é importante você se atente aos sintomas que a doença provoca. Caso esteja com algum desses sintomas abaixo e que surja com frequência e intensidade, o médico deve ser consultado imediatamente. Saiba quais são os sintomas:

  • Dor torácica que se inicia repentinamente ou que aumenta de intensidade,
  • Falta de ar,
  • Aumento dos batimentos cardíacos,
  • Respiração rápida,
  • Palidez,
  • Ansiedade,
  • Cianose (pele e unhas azuladas),
  • Tosse seca ou com sangue,
  • Dor aguda no peito,
  • Pele fria e úmida,
  • Tontura ou desmaios,
  • Dor na perna, vermelhidão e inchaço,

Para ter um diagnóstico exato, é necessário fazer o resgate do histórico familiar do paciente além de uma bateria de exames.

TRATAMENTO PARA EMBOLIA PULMONAR

O tratamento mais indicado para casos de pessoas que sofrem com embolia pulmonar é o tratamento à base de medicamentos. Os medicamentos irão atuar diretamente na região com o objetivo de eliminar o coagulo e assim reduzir ou retirar de vez os sintomas que estejam incomodando a pessoa.

Embolia pulmonar é grave

Para poder se medicar é necessário antes ter passado em consulta médica. Somente um profissional pode te indicar o melhor remédio nessa situação, pois cada caso é diferente, como dito já, o tratamento irá depender exclusivamente do tamanho do coágulo que surgiu.

Se for algo realmente grave, será necessário induzir o paciente para uma cirurgia de retirada do embolo, pois somente dessa forma a doença irá se curar.

REMÉDIOS MAIS INDICADOS

  • Acebrofilina,
  • Acetilcisteina,
  • Aerolin,
  • Ares,
  • Atrovent,
  • Heparina,

Vale ressaltar que qualquer medicamento deve se ter a orientação de um profissional, quanto a quantidade de consumo e durante quanto tempo usar. Veja meios de se prevenir da embolia pulmonar:

  1. Mantenha um peso adequado para sua idade e tipo físico,
  2. Se você fuma, procure largar o vício,
  3. Se você fica longos períodos sentado(a) – no trabalho, por exemplo – procure se movimentar a cada hora.

O mesmo vale para viagens longas de carro, ônibus ou de avião.

  1. Exercite a musculatura das pernas quando for necessário permanecer muito tempo sentado(a) ou na mesma posição,
  2. Reinicie as atividades físicas rapidamente nos pós-operatórios (é claro que sempre levando em consideração a opinião do seu médico).
  3. O uso de meias elásticas também é uma forma de prevenção, principalmente para pessoas com alto risco de desenvolver embolia pulmonar.
Gostou deste artigo? Para ver mais artigos interessantes como este Clique Aqui!

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.