Aprenda Como EMAGRECER De Vez de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...   Coloque seu E-mail para te enviar o Material que vai mudar a sua vida....

Cantora Thaeme recorre a alternativa natural para acelerar a queima de gorduras

Dicas de Saúde

Levofloxacina – Antibiótico. Posologia, Efeitos Colaterais, Bula completa!

Para a grande maioria das infecções ocasionadas por bactérias, muitos médicos recomendam o uso do antibiótico levofloxacina. Este é um remédio que possui uma ação bastante eficaz para diferentes tipos de bactérias.

Porém, para poder consumir este medicamento, é necessário consultar um médico para que ele possa te orientar com relação ao uso e manipulação do remédio. Não se deve apenas confiar na internet.

O presente artigo tem como finalidade apenas levar informação sobre alguns dados que constam na bula, de um jeito mais simples de compreender, além de educar sobre o tema.

Lembre-se que as orientações do profissional não devem ser descartadas. Pois cada paciente possui especificações em seus casos, precisando de um tratamento mais adequado com os seus sintomas.

Dessa forma, entende-se que o post irá tratar de forma geral o uso do levofloxacino. Aqui é possível encontrar informações sobre preço, posologia, efeitos colaterais e outras mais.

Levofloxacina – Antibiótico. Posologia, Efeitos Colaterais, Bula completa!

PARA O QUE SERVE O LEVOFLOXACINO?

A atuação do remédio é muito recomendada para combater as bactérias conhecidas como gram negativas. Ou seja, aquelas bactérias que são mais resistentes ao uso de antibióticos, possuem maior índice de contaminação e são de ordem patogênicas.

Normalmente, encontramos o uso de levofloxacino em casos de:

Pessoas com infecção provocadas por um tipo de bactéria mais sensível ao uso desse tipo de agente;

Infecções que se originam no sistema respiratório;

Aquelas infecções que ocorrem na pele, como, por exemplo, celulite, furúnculos, erisipela e outros mais, sendo ele perigosos ou não;

Infecção na urina;

E doenças como osteomelite e legionário.

PREÇO

O antibiótico possui três formas de uso: uma é por meio de comprimidos, a outra é o processo de injetar uma solução que contém o remédio e a última opção é o uso de comprimidos revestidos.

É muito comum sua venda em drogarias e em farmácias. E o valor do medicamento pode variar entre 30 a 80 reais, na versão em comprimido. Já a solução é comercializada pelo preço de 130 a 160 reais.

QUAL A POSOLOGIA

Para uma pessoa adulta indicamos o uso de 500 mg durante o dia, podendo ser mais de uma dose, de acordo com a severidade da doença.

Não é necessário aguardar as refeições, ele pode ser consumido durante o dia em qualquer momento.

De qualquer forma, para ter a certeza do quanto é preciso tomar, o ideal é conversar com um médico para que ele possa indicar a quantia certa do medicamento, e não ultrapassar a dosagem em um dia.

O tratamento dura cerca de 14 dias, sendo o mínimo de uso por 3 dias, podendo variar de acordo com cada caso e paciente.

CONTRAINDICAÇÕES

Antes de começar a tomar certifique-se que o medicamento, em sua composição, não possui alguma substancia capaz de gerar alergias em você. É preciso tomar muito cuidado em relação a sensibilidade a certos componentes.

Mulheres em período de gestação ou que estejam amamentando seus bebes, não devem tomar este tipo de medicamento. Isso porque pode ocasionar reações adversas nas mães e afetar os bebes. Por isso mães que estejam no início da gravidez evite o uso.

Levofloxacina – Antibiótico. Posologia, Efeitos Colaterais, Bula completa!

COMO AGIR EM CASOS DE SUPERDOSAGEM DE LEVOFLOXACINO?

Se por algum motivo, o medicamento foi ingerido de forma errada, é necessário buscar atendimento com profissionais imediatamente. Não se deve esperar para buscar ajuda.

Evite utilizar tratamentos caseiros ou encontrados pela internet, é muito melhor procurar o respaldo de um especialista.

EFEITOS COLATERAIS

É pouco comum encontrar pessoas que tiveram alguma reação adversa com o uso desse antibiótico. Estudos apontam que entre 1% a 10% dos consumidores apresentaram um desses sintomas a seguir:

Outros tipos de infecções, por exemplo:

  • monilíase;
  • Insônia;
  • Dor de cabeça;
  • Tontura;
  • Problemas respiratórios;
  • Dores no abdômen;
  • Sensação de náusea;
  • Desejo de vomitar;
  • Diarreia;
  • Complicações na pele.

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.