Aprenda Como EMAGRECER De Vez de Uma Forma Rápida e SAUDÁVEL, Sem Sofrimento e Sem Suar em Academias...   Coloque seu E-mail para te enviar o Material que vai mudar a sua vida....

Cantora Thaeme recorre a alternativa natural para acelerar a queima de gorduras

Dicas de Saúde

Como Beijar Bem – Tipos de Beijo e Dicas Para se Tornar um Expert

Todo pré-adolescente ou adolescente tem um conflito em comum: O primeiro beijo. Como ficar com alguém sem fazer feio e passar vergonha?

Ou então, nem é necessário ser um “BV” (boca virgem). Muitos jovens que não são de distribuir beijos por aí, não possuem segurança o suficiente e na hora da paquera, acabam ficando nervosos.

Beijar é um privilégio único dos humanos. Nenhuma outra espécie é capaz de praticar este ato. Você sabe qual a origem do beijo? Quer se tornar um (a) verdadeiro (a) expert e arrasar? Então continue lendo este artigo e confira nossas 9 dicas infalíveis de beijos!

História

Não existem indícios que mostrem que o beijo existe desde os primórdios da pré-história. A nossa referência histórica mais antiga que mostra o ato do beijo encontra-se em um livro oriental, intitulado Hindu.

Também há referências do beijo no famoso livro indiano Kama Sutra, que aborda o comportamento sexual humano.

Como Beijar Bem

Tipos de beijo

Se você não domina a arte do beijo, você vai se surpreender ao descobrir que existem 9 tipos de beijos. Conheça os estilos de beijos e escolha o seu favorito:

  1. Beijo Francês: O beijo francês nada mais é do que o tradicional beijo que vemos (e damos) por aí.
  2. Molhado: Beijo que envolve muito exercício nas línguas e saliva.
  3. Esquimó: Beijo carinhoso, onde o casal esfrega o nariz no nariz do outro.
  4. Borboleta: A ideia é provocar mais cócegas, através do contato dos cílios entre os ficantes.
  5. Técnico: Tipo usado em novelas e filmes, onde não há uso de línguas. Não passa de encenação.
  6. Vampiro: Beijo que se inicia nos lábios e termina no pescoço.
  7. Selinho: Beijinho onde é feito um biquinho e encosta nos lábios do (a) parceiro (a).
  8. Liquidificador: Movimentos circulares que são repetidos na orelha do (a) parceiro (a).
  9. Lagartixa: Beijo seguido de uma lambida no olho do (a) ficante.

Dicas para beijar bem

Agora que você conheceu os 9 tipos de beijos, veja 9 dicas para beijar bem. Conheça todas as façanhas e torne-se um (a) expert.

Vá com calma

Seja o seu primeiro beijo ou não, a dica é: Vá com calma. É ideal acompanhar o ritmo do seu ficante, para que vocês entrem em sintonia e a química seja gostosa. Assim, você se adaptará e a experiência será muito mais gostosa.

Mantenha movimentos suaves

Nada de ficar com os lábios e línguas duras. Realize movimentos suaves e circulares, em sentidos horários e anti-horários. Também é altamente recomendada efetuar movimentações aleatórias, para surpreender e agradar o ficante.

Como Beijar Bem

Use o corpo inteiro

Não é só porque você usa apenas os lábios para beijar que você deve ficar como uma estátua. Faça uso de suas mãos, distribua carícias no parceiro, brinque com os dedos através de carícias de leves.

Surpreenda

A pessoa está a fim de você? Que tal surpreendê-la com um beijo?  O famoso “beijo roubado” é uma tática que sempre funciona e pega a pessoa de surpresa, desde que, é claro, ela esteja a fim de você.

Cuidado com a saliva!

Todo mundo sabe que os beijos não devem ser secos, por outro lado, eles também não devem ser “babados”.  Um beijo molhado é ótimo, mas não exagere na saliva.

Alterne os movimentos

Lembra que é essencial não ficar parado como uma estátua? Além dos movimentos e carícias, uma dica infalível é a alternação dos movimentos. Mude o lado da cabeça, para que a sequência dos beijos seja mudada e não fique cansativa.

Além da boca

Como já dizemos, as carícias são fundamentais. Além do mais, beije outras áreas do companheiro, tais como o pescoço e a bochecha. Mordidinhas na pontinha da orelha também é muito prazeroso.

Atenção com os dentes!

É completamente normal, ocorrer entre as pessoas menos e mais experientes o “choque entre dentes”. É normal isso acontecer uma vez ou outra. Sendo assim, quando acontecer, não se desespere.

Use a criatividade

Não fique na mesmice. Ouse e surpreenda seu ficante, dando-lhe mordidinhas e divertidas lambidas (mas não faça isso como um cachorro, ok?). Use a criatividade, tanto nos movimentos dos lábios quanto os do corpo.

Gostou deste artigo? Para ver mais artigos interessantes como este Clique Aqui!

Recomendados Para Você:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.